17 de out de 2012

«fearless Felix» viajou mais rápido do que a velocidade do som 2012

Um salto gigantesco para um homem, um pequeno passo para a Humanidade – ainda assim, um feito impressionante ao alcance de poucas pessoas na Terra. O evento, patrocinado pela Red Bull, foi acompanhado em direto por milhões de internautas. Felix Baumgartner, austríaco, 43 anos, um aventureiro que gosta de fazer «do medo um amigo», elevou-se à estratosfera num balão e saltou de uma altura de 39 mil metros. Uma altura de 39 quilómetros é tão irreal para a nossa experiência do nosso dia-a-dia que parece mesmo estar para além da vertigem. Vejam o momento. Balazs Gardi/Red Bull/AFP Nunca ninguém tentara um salto tão alto, mas ele conseguiu-o.

  Usou paraquedas, porque Red Bull dá-te asas mas convém não exagerar, e aterrou de pé, like a boss. Depois ficou à espera de assistência como se tivesse acabado de beber uma cervejinha numa esplanada e nada de extraordinário se tivesse passado. Como se não fosse um dos poucos seres humanos do planeta Terra que se sentou na esplanada de Douglas Adams. Courtney StoddenNão bateu o recorde mundial do salto em queda livre porque o paraquedas se abriu demasiado cedo, aos 4 minutos e 22 segundos (o de Joe Kittinger, comandante da Força Aérea dos EUA, abrira-se aos 4,36 minutos), mas terá sido o primeiro a quebrar a barreira do som sem auxílio mecânico (atualização: recorde confirmado).

 
Um salto gigantesco para um homem, um pequeno passo para a Humanidade.

Nenhum comentário: